Pablo – O X-Libris do hip-hop. X-Tense no Estúdio Time Out.

Pablo - O X-Libris do hip-hop. X-Tense no Estúdio Time Out.

P de Pablito foi o concerto que trouxe X-Tense, Los Mambleros, Ferry, Amaro e Dave Wolf Rodriguez e que esgotou o Estúdio Time Out. Foi um “Festival” que misturou energia, comédia e hip-hop.

Dave Wolf Rodriguez, Amaro e Ferry já tinham atuado e todos estavam à espera de X-Tense. Acaba o concerto de Ferry e sobe ao palco, mais uma vez, Pedro Durão, que fez de Host durante toda a noite, e pergunta se o público está pronto para Pablo, alter ego de X-Tense. A resposta é positiva, a energia é muita e sobem a palco os hypemen, Dave Wolf Rodriguez e Breakout e o DJ Hype Mike.

Os hypemen começam a cantar o refrão de TT, em consonância com o público, que finalmente tem o momento por que tanto esperava: a entrada de Pablo. A energia é vibrante e todos os que estão no Time Out cantam o refrão de TT. O concerto começa com várias músicas de Rosa Dragão, o primeiro álbum do rapper da Pontinha.

A seguir vem Meu Deus, a música que demonstra o flow incrível de X-Tense e que consegue imitar ao vivo na perfeição. Do nada, olhamos para os relógios e entra 22:22 – é hora de dormir e sonhar:

Porque eu não vim vender um sonho, Baby eu ’tou num

Olhamos de novo para o relógio e é hora de música triste: 3:33, mas assim que acaba o ambiente muda logo, vem aí #PixaGrande, toda a gente acompanha o rapper durante toda a música, é impressionante a união entre X-Tense e o público presente no Estúdio Time Out. Está tudo a correr bem a Pablo, a música seguinte é Tou bem. Desde a última vez que olhamos para o relógio, a hora mudou bastante, são agora 11:11.

Abre-se um pit no meio do público e saltam lá para dentro os dois hypemen. A seguir ouve-se o beat do precedente de Pablo, Narcos. X-Tense pode não acreditar nisto, mas depois do concerto de dia 16 de novembro vai mesmo Viver Para Sempre, nem que seja na memória de quem lá esteve.

E a seguir ao precedente, ouve-se a primeira música do universo de Pablo, Así. É o último som desta parte do concerto. X-Tense chama Pepe, interpretado por Pedro Durão, e o som que se ouve é Que Passa.

X-Tense deixa o palco e chegam os cabeças de cartaz do evento, Los Mambleros. A música que nos trazem é Mi Coda, Su Coda.

Assim que acaba o momento de mumble, o público grita por Pablo. Sobem a palco Los Cavakitos, que cantam com Pablo, Bolero e Yolanda, as duas músicas latinas que fazem parte da série PABLO, da autoria de X-Tense. Mais duas músicas que toda a gente no Mercado da Ribeira canta. Apesar de todo o aparato, X-Tense não perde a fome, entra Hambre.

Chega o momento da última música, a música que deu nome ao evento, P de Pablito. Sobem a palco todos os que estiveram envolvidos neste “festival” e acaba-se em êxtase o concerto de X-Tense.

Tomás Lampreia  

O Tomás gosta de ler, escrever, ouvir e ver. Tem 19 anos e é estudante de Jornalismo, na Escola Superior de Comunicação Social. Sonha ser tudo, mas ainda não é nada.


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Los Cavakitos, Los Mambleros, X-Tense

  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.