14 Ago 2014 a 17 Ago 2014

Festival Bons Sons anuncia os primeiros nomes do cartaz

Festival Bons Sons anuncia os primeiros nomes do cartaz

O Festival BONS SONS está na agenda deste verão e a organização já libertou 9 dos nomes de um total de 55 espectáculos que compõem o cartaz que vai encher de música as ruas de Cem Soldos, Tomar. Em antevisão do cartaz da maior festa da música portuguesa estão já confirmados:

Sérgio Godinho. O autor, compositor e cantor, é um dos nomes incontornáveis da história da música portuguesa. Os seus poemas perduram no imaginário de gerações de portugueses e a sua voz inconfundível respira ideais de liberdade.

Gaiteiros de Lisboa. Movimentam-se pela música tradicional e são hoje um tesouro vivo da música portuguesa. O investimento que fazem em pesquisa sonora leva-os a criar os próprios instrumentos. Combinam as vozes com percussão e sopro para projectar a identidade portuguesa para a modernidade.

JP Simões. Hoje um contador de histórias em nome próprio já passou pelos projectos musicais Pop Dell’Arte, BelleChase Hotel e Quinteto Tati. O seu mais recente disco de originais, “Roma”, foi considerado como dos melhores álbuns do ano de 2013.

Gisela João. O público rendeu-se à sua voz grave, forte e intensa. O fado de Gisela João é dedilhado nas palavras. O álbum homónimo editado em 2013 tornou-se num marco do fado contemporâneo e da música portuguesa.

Noiserv. Noiserv ganhou forma em 2005 quando David Santos (YouCan’tWin, Charlie Brown) decide gravar algumas ideias numa demo. O som da voz, guitarra, acordeão, harmónica misturou-se ao som dos brinquedos em camadas electrónicas para melodias muito próprias.

Samuel Úria. Na FlorCaveira desde a sua alvorada, o trajecto musical de Úria passa pelos discos e concertos em nome próprio e participações em outros projectos. Em “Grande Medo do Pequeno Mundo”, disco de 2013, conta com as participações de Manel Cruz, Márcia e António Zambujo.

Capicua. Ana Matos Fernandes é MC militante desde 2004 e em 2012 conquistou o hip-hop nacional com a sua estreia em álbum de longa duração. Colabora em projectos com DJs e produtores de hip-hop nacionais e volta com novas palavras em 2014 no novo disco “Sereia Louca”.

BrassWiresOrchestra. Constituídos apenas em 2011, foram já destaque da publicação inglesa New Musical Express (NME). Esta banda de indie-folk-rock lançou, no início de 2014, o seu ansiado primeiro álbum de originais intitulado “Cornerstone”.

Memória de Peixe. Miguel Nicolau (Guitarra) e Marco Franco (Bateria) formaram a banda em 2010. A curta memória (de peixe) é evocada nos seus loops de 8 segundos com que constroem a música que oscila entre a estrutura original e o espaço para o improviso.

Fonte: Press Release Festival Bons Sons
Foto: Gonçalo Fabião


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Brass Wires Orchestra, Capicua, Gaiteiros de Lisboa, Gisela João, JP Simões, Memória de Peixe, noiserv, Samuel Úria, Sérgio Godinho


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.