29 Nov 2013 a 30 Nov 2013

Em conversa com Los Waves

16h29, Cinema São Jorge. Não os conheciamos, mas esperavamos por alguém que tivesse aspecto de quem já viajou pela América do Sul e pelo Oceano Índico e viveu meses numa tenda em praias desertas. Descontraídos e despidos de preconceitos, os Los Waves conversaram connosco numa varanda com vista para a Av. da Liberdade. Ao frio, eles que detestam o Inverno.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=z1T5AddPSGk]

José Tornada e Jean River (Jorge da Fonseca) já tocam juntos desde os 16 anos mas só em 2011 criaram o que são hoje, Los Waves. São portugueses, mas foi em Londres que desenvolveram este projecto. Deram os primeiros concertos em salas como Cargo, Camden Barfly e Old Blue Last e no mesmo ano editaram os EP «Golden Maps» e «How Do I Know», que rapidamente atravessaram o Oceano Atlântico para dar sonoridade a séries como Criminal Minds, Jersey Shore e ainda Gossip Girl  – com a música «Strange Kind Of Love» que nunca chegou a ser editada.

Em 2012 mostram-se em Portugal como League, mas o campeonato deles é outro. Jogam «fute-ténis» enquanto ensaiam no estúdio, nas Caldas da Rainha, e é como Los Waves que se afirmam e chamam a atenção no panorama nacional com as suas músicas influenciadas pela new wave.

Editado no dia 11 de novembro, o novo EP «Got a Feeling» tem dado que falar por causa da sua sonoridade urbana e ambiciosa, não tivesse a dupla criado uma música solarenga e descontraída que transporta-nos para um místico conforto através de fotografias vintage e riffs distorcidos. É um trabalho tridimensional que se funde entre o psicadelismo melodioso, viciante e electrónico com uma abordagem etérea, envolvente mas ao mesmo tempo pop e viciante.

Está previsto ser lançado já no início de 2014 o primeiro álbum e, a juntar à psicadélica «Got a Feeling», fazem parte do alinhamento as músicas «How Do I Know» e «Two Wild Hearts».


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Los Waves


  • Partilhar:

Mafalda Saraiva  

Eu sei lá resumir-me numa frase. Mas escrevo muitas no meu blog.

Também te pode interessar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *