15 Ago 2018 a 18 Ago 2018

Vodafone Paredes de Coura 2018, a espera terminou!

Vodafone Paredes de Coura 2018, a espera terminou!

A 26a edição arranca já hoje! Sabe aqui o que se passou nos últimos dias na Vila e prepara-te para mais um ano deste grandioso festival do Norte.

Quando o aniversário dos 25 anos do Vodafone Paredes de Coura terminou, assim que saímos do recinto ouvimos entusiásticos festivaleiros ecoando bem alto – “Até para o ano Paredes!” e fomos abatidos por um sentimento de angústia que nos fez pensar – “Bolas, ainda falta um ano inteiro para isto começar de novo…”. Quem já frequenta o festival há tantos anos, conhece bem este sentimento de perda e impaciência, que é ter a plena noção de que só nos sentiremos de novo em casa passado 361 dias. Mas a espera finalmente terminou!

Se ainda não organizaste a tua agenda e não sabes que concertos ver, podes ver aqui a nossa antevisão​​. Hoje começa mais uma edição e já tivemos direito a um indulgente ​warm up nestes últimos dias.

O festival voltou a fazer um​ Sobe à Vila​ com entrada gratuita

Dia ​11 de Agosto​ fomos presenteados com um filme dos ​MODS Collective​ elaborado por um “coletivo que explora a ligação entre música e imagem em movimento (cinema e vídeo), criando música improvisada ou composições para diferentes formatos”. Música essa, dirigida por Samuel Martins Coelho, acompanhando o filme que viajou pelos 25 anos do festival. Foi sem dúvida um momento bastante nostálgico e saudosista.

Dias​ 12, 13 e 14 de Agosto​ usufruímos de noites que a minha avozinha considera que são para – “abanar o capacete”. Ai, e se abanamos!

Domingo, 12 de Agosto

O início de noite esteve um pouco chuvoso, o que levou a um atraso nas atuações e à colocação de toldos no palco. Mesmo assim,​ Barry White Gone Wrong​ fez as honras da casa e iniciou a atuação no Largo Visconde de Mozelos.​

A chuva faz bem aos cabelos, amanhã vão ter uns caracóis lindos como eu

Liderados pelo carismático Peter De Cuyper, vocalista e​ frontman,​ deram um concerto em estilo próprio e nem a chuva os deteve! É de relembrar que, De Cuyper atuou em 1998 com os PeepHole, voltando agora a pisar um palco courense passado 20 anos. De seguida, foi a vez dos ​10 000 Russos​,​ ​a banda que em 2 anos fez três tours europeias, deu sem dúvida o concerto mais psicadélico dos 3 dias na Vila. E a madrugada ficou a cargo do techno de um DJ set de ​Dupplo​.

2a feira, 13 de Agosto

A chuva neste dia não foi um problema, já esteve um tempo auspicioso, típico de festival de verão.​

Chinaskee & Os Camponeses ​num embalo mais rock do que pop iniciaram as atuações da noite. Parabéns Miguel Gomes e companheiros pelo projeto! Foi um início de noite bastante longânime e que assim continuou com a atuação dos ​The Black Wizards​. Fomos transportados para uma espécie momento de rock‘n’roll dos anos 70. Damos nota positiva à mestria de todos elementos da banda no que toca ao uso de cada instrumento.

A fechar as atuações ficaram os ​Cumbadélica ​e a sua multiculturalidade de sons.

3a feira, 14 de Agosto

Foi o dia mais marcado pela presença de festivaleiros na Vila. Inclusive, o clima de ânsia e excitação para os dias que se avizinham era palpável! O público pouco aderiu aos embalos​ ​dos The Lemon Lovers​, mas ao projeto ​Deixem o Pimba em Paz ​o entusiasmo já foi outro.

“Isto é estupidamente brilhante!”​ ​- foi o pensamento que me ocorreu durante a performance de Bruno, Manuela Azevedo e restantes companheiros. Fazem um arranjo diferente de músicas pimba. Dar-lhes um toque pop, jazz, country, entre outros, é simplesmente cómico e genial!

Tigerman ​encerrou as performances das noites na vila com um DJ set. Relembro que Paulo Furtado vai atuar como ​The Legendary Tigerman​ dia 16 no palco Vodafone.

A programação completa do festival está em: musicfest.pt/festivaledicao/vodafone-paredes-coura-2018/​ e podes usar o teu telemóvel para marcar com uma ⭐️ os concertos que não queres perder!

Ana Duarte  

It's LeviOsa not LeviosA. Oporto, Portugal.


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: 10 000 Russos, Barry White Gone Wrong, Chinaskee & Os Camponeses, Cumbadélica, Dupplo, Mods Collective, The Black Wizards, The Legendary Tigerman, The Lemon Lovers


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *