16 Jul 2014 a 19 Jul 2014

SBSR confirma Sleigh Bells, Oh Land, Pulled Apart By Horses, For Pete Sake e The Big Church of Fire

SBSR confirma Sleigh Bells, Oh Land, Pulled Apart By Horses, For Pete Sake e The Big Church of Fire

As novas confirmações para o Palco EDP: Sleigh Bells, Oh Land, Pulled Apart By Horses, For Pete Sake e The Big Church of Fire juntam-se aos nomes já anunciados para este palco, como Cat Power, Jake Bugg, Erlend Øye ou Dead Combo.

20ª edição do Super Bock Super Rock não foge à tradição do que tem sido o histórico do Palco EDP. Do rock, ao alternativo e à electrónica dançante, o seu cenário natural e intimista tem sido o enquadramento perfeito para a união de géneros musicais, entre nomes sólidos e sonantes, mas também novos sons a descobrir. 2014 não é excepção, e o Palco EDP terá a seu cargo artistas como Cat Power, Jake Bugg, Erlend Øye ou Dead Combo, alguns bons exemplos que se fazem notar numa programação que junta um leque de nomes que prometem oferecer mais uma mão cheia de momentos mágicos inesquecíveis. Hoje juntam-se-lhes Sleigh Bells, Oh Land, Pulled Apart By Horses, For Pete Sake e The Big Church of Fire. A distribuição do cartaz já anunciado por palcos pode ser consultada em baixo.

De Brooklyn, Nova Iorque, chega ao Meco no dia 18, a dupla vibrante de riffs e muita atitude: Sleigh Bells. Com 3 álbuns no reportório, o guitarrista Derek E. Miller e a vocalista Alexis Krauss, misturam o rock com uma secção rítmica feita de tecnologia hábil, para uma sonoridade que vicia e obriga ao movimento.

Oh Land é uma ‘velha’ conhecida dos palcos portugueses. A dinamarquesa tem sido presença habitual no nosso país e o culto gerado em torno da sua obra, e da sua competência e simpatia ao vivo, é merecido e correspondido como poderemos conferir no dia 19 de Julho. A carteira de discos da escandinava teve novo episódio em Setembro do ano passado. O novo “Wish Bone” é mais uma peça magnífica de pop e e electrónica, e contou na produção com, entre outros, David Andrew Sitek dos TV On The Rádio.

De Leeds, para atuar no segundo dia do festival, preparem-se porque vêm aí os avassaladores Pulled Apart by Horses! Quarteto que faz das guitarras armas benignas mas poderosas, explode punk e rock, num jeito deliciosamente inquietante, sem nunca desprezar a melodia e a palavra.

De Portugal, dois nomes: For Pete Sake e The Big Church of Fire. Duas bandas de Lisboa, duas bandas distintas na estética. Mais ligados aos blues, rock e billy, no dia 18, os The Big Church of Fire, com duas guitarras e uma bateria, transportam-nos para grandes desertos e tempos idos, tudo a passar-se na geografia norte-americana.

For Pete Sake tem nas vozes de Pedro e Concha Sachetti grande parte do protagonismo musical expressado de forma soalheira com canções que exploram o universo pop. O tema “House”, a rodar muito na rádio, é uma canção que ilustra na perfeição o que os For Pete Sake pretendem oferecer no dia 19 de Julho.

Sleigh Bells

De Brooklyn, Nova Iorque, Sleigh Bells. Dupla constituída pelo guitarrista Derek E. Miller e pela vocalista Alexis Krauss. O dono das guitarras passou parte do início do séc XXI a deambular pelos Estados Unidos da América, tocando em bandas e servindo à mesa. Krauss, com uma história musical feita num projecto pop adolescente, andou também pelo teatro e pela televisão. Os dois conheceram-se quando, já na Big Apple, Miller procurava uma vocalista para escutar e experimentar as suas demos. A história da banda brotou no ano de 2008 e hoje contam já com 3 discos de originais. Ao vivo conduzem com uma energia inesgotável canções vibrantes, cheias de noise-pop e muita electrónica. São imperdíveis.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Cr-ahiFDkts]

Oh Land

Nanna Øland Fabricius nasceu em Copenhaga e vive em Nova Iorque. Iniciou o seu percurso artístico na dança. Frequentou as companhias reais de ballet suecas e dinamarquesas, mas uma lesão fez com que o seu caminho se virasse para a música. Em 2008, lançou o seu primeiro álbum, “Fauna”. O título homónimo, “Oh Land” aterrou nas lojas em Março de 2011, tendo conquistado rapidamente o público graças às suas canções contagiantes. No ano passado, veio o 3º de originais, “Wish Bone”. Mais uma pérola que conta na produção com, entre outros, David Andrew Sitek dos TV on the Radio. Oh Land tem sido admirada por vários dos seus pares, volta a Portugal para um concerto de encantar no Super Bock Super Rock.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=iNJALPPCksY]

Pulled Apart By Horses

São de Leeds, Inglaterra, chamam-se Pulled Apart by Horses e ao vivo são incrivelmente frenéticos. O quarteto resulta das cinzas de uma série de bandas que pouco se deram a conhecer. No entanto, Tom Hudson, James Brown, Lee Vincent e Robert Lee, juntos, como Pulled Apart by Horses, deram logo nas vistas nas primeiras actuações que fizeram em pequenos bares e clubes. A sua música é feita de riffs poderosos, misturando o rock com o punk, para uma sonoridade inquieta e viciante. Depois do 1.º disco, homónimo, lançado em 2010, lançaram há dois anos o fabuloso “Tough Love”, registo que contou com a produção de Gil Norton (Foo Fighters e Pixies). Podem esperar tudo dos Pulled Apart by Horses: eles dão!

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=caWBp8utOEk]

For Pete Sake

For Pete Sake é um sexteto alfacinha. A banda liderada pelos irmãos Pedro e Concha Sacchetti tem, em diversas plataformas online, um Ep disponível para audição e o impacto tem sido considerável. Com o tema “House” venceram no início do ano 2014, o concurso de bandas da Antena 3, “Ano novo, banda nova”. Donos de um som fresco, luminoso e cativante, onde habitam géneros diversos como o folk, pop ou rock com cores dos anos 50/60, os For Pete Sake merecem ser ouvidos e vistos ao vivo. Não desiludem.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=HoRZyJ7JsqU]

The Big Church of Fire

As almas Reverend Joe, Brother Louie e Peter Schmiedin, reinventam, a partir de Lisboa, todo um universo simbólico, estético e musical que emergiu dos anos 50 e 60 – com reminiscências mais antigas -, gordo de rock ‘n’ roll e blues – numa moldura billy. Há 5 anos gravaram com Matt Verta-Ray (Heavy Trash, Speedball Baby) “For Tura, with Love”. O novo disco está na forja, a ser trabalhado com Nick Nicotine, e, com toda a certeza, muito do seu recheio será apresentado no Super Bock Super Rock.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=q9Ynte4q1Gs]

Fonte: Press Release Música no Coração


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: For Pete Sake, Oh Land, Pulled Apart By Horses, Sleigh Bells, The Big Church of Fire


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *