ALTAR subiu ao Miradouro 360º – showcase de apresentação do novo álbum dos The Gift

ALTAR subiu ao Miradouro 360º - showcase de apresentação do novo álbum dos The Gift

A banda de Alcobaça está de regresso com um novo trabalho, ALTAR. Para fazer jus ao nome, os The Gift elevaram-se até ao azul do céu que presenteou o final de tarde do dia 7 de Abril, em Lisboa. Um showcase de apresentação de quatro das onze músicas do álbum. Nós estivemos lá, no Miradouro Amoreiras 360º. As fotografias do Marco Almeida não enganam: foi um final de tarde para arquivar em “trabalho difícil”.

“ALTAR é uma cerimónia, uma celebração, um altar da música. Para a música. Um compromisso. ALTAR é um sonho tornado realidade. Um objectivo de vida atingido e, finalmente, partilhado.” – é desta forma que nos é apresentado o novo álbum da banda que já conta com vinte e dois anos de carreira. Longe vão os tempos do Vinyl (1998) e do Film (2001). Na verdade, parece que foi ontem que os alcobacenses The Gift surgiram no panorama musical português com uma abordagem disruptiva e inovadora. Quem não se lembra do OK! (Do You Want Something Simple?)?

Este trabalho – produzido por Brian Eno – é, sem dúvida, um álbum diferente. E só podia ser assim: afinal, os quatro músicos não são os mesmos que tocavam Driving You Slow. Ou que lançaram Fácil de Entender, em 2006. Tal como a Alice, a do País das Maravilhas, que diz “não adianta voltar ontem, porque eu era uma pessoa diferente” – assim a Sónia Tavares, o John e o Nuno Gonçalves e o Miguel Ribeiro são pessoas diferentes. Daí que não tenha muito sentido querer encontrar os The Gift de outros tempos, neste álbum. Encontramos, sim, temas que nos divertem, que nos fazem dançar e que nos fazem sentir o aqui e agora da banda. Encontramos, também, outras formas de praticar o “I’m doing it for music”, repetido numa das canções de AM-FM (2004).

No showcase realizado no Miradouro Amoreiras 360º foram apresentados quatro temas: Vitral, Love without violins, Clinic Hope e Big Fish. Este último é daquelas canções que faz abanar o pezinho e dançar, sem porquês. Foi um final de tarde cheio de sol, com uma vista fantástica sobre Lisboa e arredores. A banda fez-se acompanhar por dois amigos de longa data: Mário Barreiros e Paulo Praça.

Os  dez temas que fazem parte de ALTAR foram partilhados no YouTube e na página oficial da banda, no Facebook, durante a noite de 6 de Abril. Entretanto, o álbum atingiu o #1 do top iTunes em Portugal. Motivos mais do que suficientes para arrancar com energia e confiança, na digressão que levará os The Gift por Alcobaça, Lisboa, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Aveiro, Vila Real, Faro, Castelo Banco, Braga e também Brighton, Londres e Berlim. Os concertos ao vivo constituem os momentos altos de cada um dos trabalhos da banda: sempre cheios de surpresas e com aquela forma de estar única da banda, que já tivemos oportunidade de registar no MEO Arena ou n’O Sol da Caparica.

Contamos marcar presença numa ou noutra data desta digressão. Até lá?


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: The Gift

  • Partilhar:

Joana Rita  

Joana Rita é filósofa, criadora de conteúdos, formadora e investigadora. Ah! E uma besta muito sensível.

Também te pode interessar…

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *