18 Jul 2019 a 20 Jul 2019

25 anos de festival e de volta ao Meco – O que não nos vai escapar no Super Bock Super Rock

25 anos de festival e de volta ao Meco – O que não nos vai escapar no Super Bock Super Rock

O warm-up para os festivaleiros é já dia 17 de Julho, mas é a próxima quinta-feira, dia 18, que marca o arranque oficial do 25º Super Bock Super Rock que, para rejubilo de muitos, está de volta à Herdade do Cabeço da Flauta. Como extremamente simpáticos que somos, fizemos um estudo exaustivo do cartaz para vos darmos os nomes que não podemos, queremos ou devemos perder.

 

Quinta-feira, 18 de Julho de 2019

Cinco anos depois voltamos ao Meco e connosco volta a norte-americana Cat Power, responsável por abrir o palco Super Bock às 19h15.

Os ventos quentes do Meco vão levar-nos a um desvio até ao palco EDP para nos encontrarmos com Dino D’Santiago às 20h00 e isto antes de voltarmos ao palco Super Bock para o soul dos ingleses Jungle às 21h00.

Ainda a correr atrás de ritmos quentes às 21h45 temos Branko no palco EDP e às 22h30 Conan Osiris no palco Somersby. Em simultâneo, no palco principal, temos o regresso dos ingleses The 1975 e logo de seguida, às 00h15 a norte-americana Lana del Rey.

Para não nos afundarmos na melancolia recomendamos passar no palco EDP às 23h30 para ver os ingleses Metronomy, pré-Lana, e como after recomendamos passar à 01h15 no palco Somersby para dançar ao som de Roosevelt.

 

Sexta-feira, 19 de Julho de 2019

Comecemos sexta-feira de forma suave, e em crescendo para a noite que se avizinha, com o folk de Calexico e Iron & Wine às 18h30 no palco EDP. Quando já estivermos novamente ambientados saltamos até ao palco Super Bock para o concerto de Christine and The Queens às 21h00 e às 23h prevemos já estar bem aquecidos para seguir para os também franceses Phoenix.

À meia-noite temos mais um francês a chamar por nós FKJ, desta vez no palco EDP, com o seu R&B com uma pitada generosa de jazz e outra de eletrónica. Falámos de jazz, pois bem, à 01h00 os ingleses Ezra Collective merecem a caminhada até ao palco Somersby mas a concorrência vai ser forte à 01h15 no palco Super Bock com a estreia do DJ e produtor haitiano-canadiano Kaytranada que não vai deixar ninguém parado, confiem.

 

Sábado, 20 de Julho de 2019

Queremos começar a romaria de sábado às 17h15 no palco EDP com o português Pedro Mafama, porque Lacrau ainda não nos saiu da cabeça, e pelas 19h35 temos ProfJam a abrir o palco Super Bock e a reforçar a importância do hip-hop nacional.

O norte-americano Masego vai arrastar-nos inevitavelmente ao palco EDP às 20h45, afinal de contas ainda temos na cabeça o concerto brilhante no Super Bock em Stock. Embalados pelo seu soul e funk vamos levitar novamente até ao palco Super Bock para voltar a receber a americana Janelle Monáe. Aproveitando a estadia não vamos arredar pé para às 23h30 estarmos na estreia do trio de hip-hop Migos, um bocadinho de trap nunca fez mal a ninguém, certo?

Para acabar a noite, e em jeito de clássico de Verão, à 01h15 recebemos novamente os ingleses Disclosure, ainda não nos cansámos deles e, aparentemente, nem eles de nós.

 

Para verem o cartaz completo do Super Bock Super Rock cliquem em musicfest.pt/festival-edicao/super-bock-super-rock-2019/

Mónica Borges  

Acho todos os cães bonitos, gosto de festivais e ainda mais de imperiais.


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Branko, Calexico, Cat Power, Christine and The Queens, Conan Osiris, Dino D'Santiago, Disclosure, Ezra Collective, FKJ, Iron & Wine, Janelle Monáe, Jungle, Kaytranada, Lana Del Rey, Masego, Metronomy, Migos, Pedro Mafama, Phoenix, ProfJam, Roosevelt, The 1975


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.