17 Jul 2014 a 19 Jul 2014

The Prodigy de volta a Portugal no MEO Marés Vivas

The Prodigy de volta a Portugal no MEO Marés Vivas

O MEO MARÉS VIVAS vai ser palco do lançamento do novo álbum de originais dos The Prodigy. Após a presença com lotação esgotada em 2008, a banda britânica faz questão de apresentar o novo álbum aos fãs no MEO MARÉS VIVAS no dia 17 Julho.

A banda de techno-pop electrónico britânica, considerada uma das maiores referências do big beat (género de música electrónica), regressam ao MEO MARÉS VIVAS para um grande concerto.

A banda de Liam Howlett, Keith Flint e Leeroy Thornhill, iniciou-se em 1990 quando os três se cruzaram num clube na cidade de Essex, onde viviam e aí decidiram formar um grupo. A principal intenção era de Keith e Leeroy ocuparem a posição de bailarinos, dando assim um contributo para que a música que Liam criava ganhasse vida em cima dos palcos. O primeiro concerto da banda aconteceu no The Labyrinth em 1990, ao qual se juntou por divertimento Maxim Reality (como MC), acabando por ficar até hoje junto da banda. Desde então começaram a realizar concertos em vários pontos do mundo, passando pelos principais palcos e festivais da Europa, Austrália e Estados Unidos, até aos destinos menos usuais, como Líbano, Indonésia e Malásia.

O auge da carreira dos The Prodigy em termos comerciais destaca-se com o impacto de Firestarter em 1996, tendo sido bem visto pela crítica. Ao longo de todo o percurso foram expandindo a sua base de fãs, tendo recebido várias nomeações e prémios da industria discográfica, no qual o destaque para Grammys e Prémios Europeus da música da MTV.

“Invaders Must Die”, o último disco do The Prodigy, contou com a participação de Dave Grohl (Foo Fighters, Nirvana) em duas das faixas. Segundo o tecladista, Liam Howlett, esse projecto reflectiu a felicidade da banda em estar junta de novo.

No dia 17  de Julho vão mostrar porque continuam a ser um fenómeno mundial no palco MEO do Meo Marés Vivas 2014.

Fonte: PEV Entertainment


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: The Prodigy


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *