5 Ago 2015 a 9 Ago 2015

Talento nacional no Palco Santa Casa do MEO Sudoeste

Talento nacional no Palco Santa Casa do MEO Sudoeste

A aposta dos Jogos Santa Casa na música e talento nacional tem mais um momento alto: o Palco Jogos Santa Casa, do MEO Sudoeste, com um cartaz de luxo recheado com o que de mais promissor se faz na música portuguesa, como já vem sendo tradição.

Ao longo dos quatro dias do MEO Sudoeste, actuarão no Palco Jogos Santa Casa: Diogo Piçarra, João Só, Agir, Frankie Chavez, ÁTOA, Mundo Segundo, Carolina Deslandes, Sara Paço, Tom Mash e Alberto Indio.

Dia 6 de agosto

Diogo Piçarra deu os primeiros passos na sua terra natal, Faro, como guitarrista e vocalista dos Fora da Bóia. Através dos programas televisivos Operação Triunfo e Ídolos arriscou ver reconhecido o seu talento em nome próprio. Saiu vencedor da 5ª edição do programa Ídolos, obtendo um contrato com editora Universal e um curso na reputada London Music School. O seu talento tem vivido dias de clamor nas redes sociais, nas rádios e até atingindo o 1º lugar do Top Nacional de Vendas.

A jovem banda de Évora ÁTOA viu o seu nome chegar alto através da plataforma Tradiio, aplicação de descoberta de música que permite que os utilizadores se tornem identificadores de talento. Fazem um som fresco e actual. Em Setembro, através da Universal, sairá o disco de estreia.

Dia 7 de agosto

Agir tem um novo disco “Leva-me a Sério” e vai apresentá-lo no MEO Sudoeste. Com um talento precoce, é um competentíssimo compositor, produtor e cantor. Depois da estreia homónima em 2010, está de volta com um novo longa duração que junta, sem mácula, géneros como a pop, hip-hop, soul e r&b. A coadjuvá-lo, nomes reconhecidos como Ivan Lins, Amor Electro, Regula, Blaya, Diana Matos e Pité. O single “Tempo é Dinheiro” já roda por aí e confirma Agir como um dos mais interessantes novos valores da música nacional.

Carolina Deslandes estreou-se com um título homónimo em 2012, depois de uma passagem notada no programa Ídolos. O disco, produzido por João Só, é feito de pop perfumada e contemporânea, e conta com a participação de Agir no single “Mountains”.

Dia 8 de agosto

Mundo Segundo, que contabiliza duas décadas de carreira, é um dos fundadores do colectivo Dealema. MC e produtor, é hoje figura incontornável do hip-hop português e um dos mais ativos embaixadores do movimento, e não é certamente por acaso que já abriu para grandes nomes do hip-hop mundial como M.O.P, Dilated Peoples, Masta Ace, Marco Polo, Beatnuts, entre outros. Ao MEO SW, Mundo Segundo traz o seu segundo álbum de originais intitulado “Segundo Ancião”, bem como uma mão cheia de clássicos, que serão apresentados em formato live band.

João Só é, apesar da juventude, um profícuo produtor, intérprete e compositor luso. Já editou com os Abandonados, com Miguel Araújo, contando nos seus discos com colaborações com nomes como Frankie Chavez e Zé Pedro dos Xutos e Pontapés. Acaba de editar um segundo disco em nome próprio chamado “Até Que a Morte Nos Separe”, que será alvo de destaque no concerto no MEO Sudoeste.

Autor e compositor, Alberto Indio teve nos temas “Sinceramente”, que atingiu o 7º lugar de airplay nas rádios a nível nacional, e com “Podes Ser Tu”, um dos temas mais rodados na novela da TVI “Mar de Paixão”, os seus maiores êxitos. Mas todo o seu trabalho desagua em temas melódicos e que encaixam rapidamente no ouvido.

Dia 9 de agosto

Frankie Chavez deambula por diferentes estilos com precisão. Ouvimo-lo, e irrompem nomes como Jimi Hendrix ou Ry Cooder. Depois de se estrear com um EP homónimo (2010), debutou em formato LP com “Family Tree”. Em 2014 editou “Heart and Spine”, álbum que passará em revista no Palco Jogos Santa Casa no MEO Sudoeste.

Sara Paço tem uma voz única, muito fresca e de grande projeção. Vem ao MEO Sudoeste apresentar o álbum de estreia “Waking Up the Drums”. O disco é forte, luminoso e recheado de soul e pop, confirmando-a como uma das novas e mais recomendáveis artistas lusas do momento.

Tom Mash é Tomás Rocha. Em 2014 foi o vencedor do concurso Hard Rock Rising e o seu nome começou a ser conhecido no mercado. Fazedor de folk com blues, é um músico que promete.

Fonte: Press Release Música no Coração


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Agir, Alberto Indio, ÁTOA, Carolina Deslandes, Diogo Piçarra, Frankie Chavez, João Só, Mundo Segundo, Sara Paço, Tom Mash


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.