20 Jul 2018 a 22 Jul 2018

Organiza a tua agenda – antevisão do MEO Marés Vivas

Organiza a tua agenda - antevisão do MEO Marés Vivas

Um dos festivais do Norte está de volta! A 12ª edição do MEO Marés Vivas conta com um cartaz muito variado já nos dias 20, 21 e 22 de Julho. Sabe aqui como organizares a tua agenda.

Segundo a organização, este ano o recinto em Vila Nova de Gaia será 5 vezes maior, por isso vai mudar-se para a antiga Seca do Bacalhau, localizada a cerca de 500 metros de distância do local das edições anteriores. O cartaz conta com bastantes presenças de artistas nacionais e internacionais que serão distribuídos por 4 palcos (o palco Meo, palco Santa Casa, palco Kia Digital Stage e o palco Moche).

Dia 20 é um must go, o ex- ornato Manel Cruz terá um álbum em nome próprio com data prevista para Setembro e dará início às atuações no palco principal. De seguida, o português Richie Campbell terá a sua oportunidade para deixar mais uma vez o público português a vibrar ao som do seu reggae, dancehall e R&B. Os americanos Goo Goo Dolls certamente irão deixar todos os seus fãs da década de 90 com a lágrima no cantinho do olho ao som do seu mais conhecido single Iris da banda sonora do filme Cidade dos Anjos. Mas a cereja no topo do bolo são certamente os cabeça de cartaz: Jamiroquai, liderados pelo vocalista Jay Kay e conhecidos já por terras lusas. Confesso que é um concerto, para mim, bastante aguardado e que certamente puxará para um “pézito de dança” com temas como: Love Foolosophy, Cosmic Girl, You Give Me Something entre tantos outros.

Dia 21 terá um início bastante descontraído com artistas como Tiago Nacarato, Carolina Deslandes e Kodaline mas o público em Vila Nova de Gaia que se prepare para levantar novamente o pé do chão com um dos DJs mais bem-sucedidos a nível mundial, o francês David Guetta autor de tantos êxitos que é impossível tentar enumerá-los aqui. Mas a grande surpresa este ano são os “tugas” The Black Mamba que encerrarão as atuações no palco principal com a sua mistura única de blues, rock, uma pitada de soul e uma carrada de funk.

Dia 22, aguardarei com alguma expectativa o concerto da nova-iorquina Laura Pergolizzi assim como o da cabeça de cartaz Rita Ora que espero que me surpreenda com o seu vozeirão britânico e performance individual da mesma maneira que surpreendeu quando fez parte do júri no programa britânico X-Factor. Mas confesso que de todos os restantes artistas marcados para esse dia (Joss Stone, D.A.M.A, Bárbara Bandeira, Janeiro, etc.) prestarei particular atenção a mais um nome português – Estraca – há algo clássico e irreverente mas fresh na letra desta artista de hip hop nacional que me deixa de pulga atrás da orelha sobre a sua performance, basta ouvir a sua canção Suicídio Político para entender a que me refiro.

Uma informação relevante: a programação completa do festival está em musicfest.pt/festival-edicao/meo-mares-vivas-2018/ e podes usar o teu telemóvel para marcar com uma ⭐️ os concertos que não queres perder!

Aponta já na agenda: MEO Marés Vivas 2018 nos dias 20, 21 e 22 de julho – encontramo-nos lá?

Ana Duarte  

It's LeviOsa not LeviosA. Oporto, Portugal.


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Carolina Deslandes, David Guetta, Estraca, Goo Goo Dolls, Jamiroquai, Kodaline, Laura Pergolizzi, Manel Cruz, Richie Campbell, Rita Ora, The Black Mamba, Tiago Nacarato


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *