20 Jul 2017 a 23 Jul 2017

O galo já cantou, o Milhões de Festa está de volta

O galo já cantou, o Milhões de Festa está de volta

A festejar os seus 10 anos de excentricidade e irreverência, o Milhões de Festa regressa a Barcelos para, com certeza, mais uma boa dose de surpresas e insanidade.

O dia 0 é para miúdos e graúdos, aberto para toda a gente e, como sempre, com os Ensemble Insano a fazerem bem cedo as honras da casa.

Já a estrear o palco principal os escolhidos foram os Live Low a começarem bem a jeitinho e a proporcionar um ambiente confortável e familiar. O quarteto, através do seu cancioneiro tradicional, foi conquistando a atenção do ainda pequeno público que se ia juntando à festa. A celebração continuou e os Enablers vieram juntar-se também mais tarde com o seu rock de traços bem punk. Chegaram como que em forma de aquecimento para o que ainda estava por vir nessa noite.

Já Cigarra & BirdzZie vieram apimentar o paladar de quem anseia por uns mergulhos na mítica piscina através das suas melodias tropicais numa mistura entre o Portugal de Cigarra e o Sul da América de BirdzZie. Fizeram o que sabem melhor e puseram a plateia bem mais composta a esta altura a bater o pé e a ansiar pelo primeiro dia oficial de concertos à soleira.

A bater a meia-noite, e a cortar completamente o ambiente dos trópicos, chegam os Stone Dead, para muitos já conhecidos, os portugueses “rockaram” e trouxeram ao de cima o verdadeiro espirito do festival: inesperado e irreverente.

Mais tarde chegava o self-proclaimed rei dos teclados, com o público mais dentro do espírito da festa, o sírio Rizan Said fez jus à sua alcunha com as suas harmonias árabes e a sua batida consistente, fez assim a noite de muitos.

Como que para finalizar, vieram os Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs e dominaram Barcelos com o seu stoner rock distorcido e violento, incendiaram as expectativas para mais uma edição do festival Milhões de Festa.

A noite no entanto não terminou aí, seguiram-se os Djs da Casa a manter a chama acesa quase que a preparar terreno para o primeiro grande dia de festival, com início no palco Red Bull Music Academy, na piscina.

Ângela Afonso  

1,60m de aleatoriedade, inspirada por coisas e pessoas boas. Vive para as artes e as letras. A sua religião é a música e mora atrás da lente da câmara fotográfica. Minhota da cabeça aos pés e em tudo o que diz. (O mau feitio é mito)


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: BirdzZie, Cigarra, Enablers, Ensemble Insano, Live Low, Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs, Rizan Said, Stone Dead


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *