Thomas Anders no Casino do Estoril – a reportagem

Thomas Anders no Casino do Estoril - a reportagem

Foi com entusiasmo que o público português recebeu Thomas Anders. Na passada sexta-feira, para um salão Preto e Prata repleto, o antigo vocalista do dueto Modern Talking ofereceu uma viagem no tempo, que oscilava entre os anos 80, em que os êxitos desta banda atingiam o topo das tabelas, e a última década, com músicas mais recentes da carreira a solo do cantor.

Atlantis is Calling abriu as hostilidades e após o longo aplauso do público, o cantor cumprimentou os presentes e admitiu logo que já devia ter atuado mais cedo e mais vezes no nosso país.

O concerto prosseguiu com Thomas Anders a apresentar cada uma das músicas e a interagir bastante com a plateia.

Chegados à 4.ª música do alinhamento, Lunatic, já havia quem abdicasse do conforto da cadeira e não resistisse a dançar ao ritmo dos principais sucessos do dueto germânico.

Ainda que fosse notório que o entusiasmo não era o mesmo em algumas músicas mais recentes da sua carreira a solo, a verdade é que o público no Casino Estoril revelou um grande entusiasmo. Thomas Anders puxou do seu telemóvel e fez questão de gravar um pequeno vídeo da plateia.

My first show ever in Portugal. The audience was fantastic. Thanks to all the people in Estoril.

Publicado por Thomas Anders em Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

A meio do concerto, acompanhado do seu guitarrista, Thomas Anders cantou algumas músicas em modo unplugged, entre as quais o grande sucesso You’re My Heart, You’re My Soul, com uma nova sonoridade muito aplaudida pelo público.

O concerto avançava rapidamente para o final, com o entusiasmo da plateia a recuperar gradualmente do unplugged e da apresentação de cada um dos elementos da banda. De facto, o final do concerto foi em apoteose, com praticamente todos em pé a dançar ao som dos grandes sucessos do dueto germânico. Brother Louie, You’re My Heart, You’re My Soul e Cheri Cheri Lady fecharam um concerto que permitiu a muitos reviver um pouco dos anos 80.

Nuno Pires  

Ganha a vida a gerir pessoas, faz fotografia nas horas vagas e acha que percebe muito de economia e política. Atenção que o avatar já é do mês passado.


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Thomas Anders

  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *