24 Nov 2017 a 25 Nov 2017

Os 6 concertos (nacionais) que não podes perder no Vodafone Mexefest 2017

Para além de pérolas vindas de todos os cantos do mundo, também há diamantes nacionais para descobrir no festival que, no final desta semana, toma conta da Avenida da Liberdade, em Lisboa. Escolhemos seis concertos de artistas portugueses que não podem mesmo perder nesta edição do Vodafone Mexefest.

 

Surma

Sexta-feira, 21:40, Cinema São Jorge: Sala Montepio

Autora de um dos discos mais aguardados do ano, Débora Umbelino traz ao Mexefest o seu Antwerpern. De melodias cuidadas e capaz de criar ambientes únicos, dia 24 vamos com certeza perder-nos sem sairmos do lugar, isto é, do São Jorge.

 

Ermo

Sexta-feira, 23:10, Garagem EPAL (Sala Super Bock Super Rock)

Dos vales do minho à garagem da EPAL é um saltinho. A dulpa que mescla estilos que vão desde o hip hop ao pós punk e lançou este ano Lo Fi Moda, um dos mais cativantes discos do defeso, vai com certeza deixar a sua marca no primeiro dia desta edição do festival.

 

Samuel Úria

Sexta-feira, 23:45, Cinema São Jorge: Sala Manuel de Oliveira

Ainda dia 24, na sala principal do São Jorge, sobe ao palco um dos mais aclamados escritores de canções do nosso país. Samuel Úria traz para o concerto no Mexefest duas convidadas (Gisela João e Ana Bacalhau) de forma a tornar a noite ainda mais especial.

 

Luís Severo

Sábado, 20:30, Teatro Tivoli BBVA

Depois do disco de estreia Cara D’Anjo ter sido uma das mais belas surpresas dos últimos tempos, Luís Severo leva agora o segundo álbum, homónimo, ao Tivoli, no dia 25, para uma apresentação intimista apenas de voz e piano. A não perder.

 

Vaiapraia e as Rainhas do Baile

Sábado, 21:40, Garagem EPAL (Sala Super Bock Super Rock)

1755 foi um autêntico sismo na cena musical nacional. O queercore de Vaiapraia e as Rainhas do Baile trouxe a honestidade do punk, o desleixe do garage rock e os refrões pop para a ribalta. Não são fáceis de apanhar ao vivo, por isso há que passar na garagem da EPAL, dia 25.

 

Benjamim e Barnaby Keen

Sábado, 23:00, Garagem EPAL (Sala Super Bock Super Rock)

Um dos discos mais aclamados do ano foi aquele que juntou o luso Benjamim ao canadiano Barnaby Keen. Entre o português e o inglês, as canções pop de melodia orelhuda merecem audição cuidada. Tocam juntos na Garagem da EPAL, dia 25.

Teresa Colaço  

Tem pouco mais de metro e meio e especial queda para a nova música portuguesa. Não gostava de cogumelos mas agora até os tolera. Continua sem gostar de feijão verde.


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Barnaby Keen, Benjamim, Ermo, Luís Severo, Samuel Úria, Surma, Vaiapraia e as Rainhas do Baile


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *