Lucky Chops no Lisboa ao Vivo – a reportagem

Lucky Chops no Lisboa ao Vivo - a reportagem

No dia 3 de Março o espaço Lisboa ao Vivo recebeu a actuação dos Lucky Chops. A Carla Flores foi até lá, de caderno e caneta em punho; já o Francisco Morais recolheu as fotografias que podem ver aqui.

Cerca de 10 anos após a sua formação, os Lucky Chops apresentaram em Portugal os dois últimos concertos da sua digressão europeia. O primeiro desses concertos aconteceu no Lisboa ao Vivo,  que recebeu a banda de Nova Iorque num espectáculo demonstrativo de uma música positiva que, dizem eles, pode mudar o mundo.

Josh Holcomb no Trombone, Daro Behroozi no saxofone Tenor, Raphael Buyo no sousafone, Charles Sams na Bateria e Joshua Gawel no Trompete propunham-se fazer uma festa e não se deixaram abater pelo pouco público presente na sala. Gawel conduziu toda a atuação com uma imensa e contagiante energia proporcionando um espectáculo animadíssimo à plateia que rondava as duas centenas e meia de pessoas.

Cruzando o jazz com influências da pop e dance music, a banda formou-se quando ainda estudavam. Behroozi, Buyo e Holcomb conheceram-se enquanto frequentavam a famosa La Guardia, a escola da série Fame.

Começaram as suas atuações no metro, parques e escolas de Nova Iorque, percorrendo um já longo caminho que tem levado os Lucky Chops a palcos um pouco por todo o mundo com participação em festivais como o South by Southwest. O grande salto deve-se sobretudo à partilha na internet de um vídeo de um dos seus concertos, a partir da qual os jovens alcançaram uma popularidade internacional que ultrapassa largamente a conseguida nos Estados Unidos.

No concerto de Lisboa apresentaram um reportório variado que passou por temas originais dos seus três trabalhos publicados ou versões de clássicos como Lean on Me ou Helter Skelter (dos Beatles) tendo conseguido uma boa amostra do seu talento e garra enquanto compositores e instrumentistas.

Há quase um ano fora de casa, os Lucky Chops fecharam a digressão europeia no Porto – Casa da Música – após o que viajaram para a América Latina, com os primeiros concertos a decorrer no Brasil e México.

Setlist:

  • Soul Intro / Without You
  • Coco
  • I’ll Flly Away Intro
  • Boom
  • Miami
  • D20
  • Helter Skelter / Walter
  • Jam
  • Skaba / Jam / Charles Solo
  • Stand (Blackout Kyle)
  • Buyo
  • Connie
  • Behroozi
  • New Stand By Me (Pause)
  • Danza
  • Encore:
  • Problem
  • Lean On Me

 

Edição de Joana Rita

Carla Flores  

A repórter de guerra sonhada aos 10 anos deu lugar à professora de inglês que se dedicou a outras lutas, como a da promoção da leitura e a aquela coisa do "ah e tal, vamos lá mudar o mundo antes que ele nos mude!


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Lucky Chops

  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.