20 Jul 2017 a 23 Jul 2017

For those about to “swim” we salute you! 1º dia (oficial) do Milhões de Festa

For those about to "swim" we salute you! 1º dia (oficial) do Milhões de Festa

O primeiro dia oficial do festival chegou e o destino número um é: palco Red Bull Music Academy. Após o warm-up do dia zero eis que os “milhionários” regressam ao verdadeiro habitat natural do festival de Barcelos: a piscina.

Este ano, no entanto, e apesar de ainda não haverem insufláveis ou bóias de qualquer tipo à vista, a surpresa foram mesmo as colunas instaladas debaixo de água. Para quem não quer perder um segundo dos concertos, o Milhões fez chegar a música a todas as esquinas do recinto, ou a quase todas.

Os artistas encarregues de estrear o novo sistema foram Lavoisier + Barrio Lindo, GPU Panic + Shake it Maschine (fotos), Orchestra of Spheres e Mehmet Aslan. Os mais “almas da festa” juntavam-se ao palco para bater o pé, mas a maioria deixou-se ficar pelas toalhas a aproveitar o sol e a descansar para a noite que se adivinhava exigente.

Ritmos tropicais, latinos e derivados à parte, já no outro lado e novamente de trouxas mudadas, o palco Taina apresentava para aquela seleção de festivaleiros com ouvido mais pesado os TAU, os Blown Out, Systemik Viølence e os VAI-TE FODER. Bem ousados, a maioria musicalmente violentos, alguns encapuzados e desafiantes q.b., enfrentaram e arrastaram o público para a sua loucura, os mais destemidos responderam mesmo à letra. No final? Um mote revolucionário “Que se foda a censura, já não estamos em tempo disso”, Um baixo partido a meio, e muita fome para a janta.

O conjunto Cuca Monga veio dar uma corrente diferente aos ânimos. São a prova de que a virtuosidade não tem limites, que uma fusão musical bem feita só pode ser abraçada como o espetáculo que deram o foi. O palco Milhões preencheu-se de artistas e os artistas preencheram os corações de toda a plateia, afinal não há nada como ouvir cantar o bom português.

Mais tarde no Palco Lovers & Lollipops os Ifriqiyya Électrique trazem-nos os ritmos africanos rasgados pelo som impiedoso do baixo e da guitarra. Improvável? Não no Milhões! Ainda no mesmo palco destacou-se a dupla Sacred Paws, os Cocaine Piss e Switchdance a encerrar o primeiro dia de festival.

No entanto os prémios de entertainers do dia vão para faUSt & GNOD – que construíram todo um espectáculo batida a batida, manequins desmembrados e betoneiras, danças muito próprias com lençóis a cobrir a cabeça dos artistas, e muita excentricidade em geral marcaram a música que progressivamente se complementava com o êxtase de quem assistiu. Daquelas bandas que se estranha, mas vai se entranhando.

O segundo prémio vai para The Gaslamp Killer (fotos) que, sem querer desfazer das restantes performances já feitas e por fazer, merecia o prémio de melhor artista desta edição. O produtor trouxe o seu hip-hop de cada canto do mundo e transferiu-o da mesa para o público que parecia alimentado a cabos ligados diretamente à coluna vertebral. A energia de cada linha de mistura e bass do seu, tão apreciado, trabalho passou também a ser a de tantos quanto assistiram ao espetáculo. Foram 2 ou 3 encores e podiam ter sido mais, que eram bem-vindos.

Venha o próximo dia de Milhões de Festa, «no rest for the wicked».

 

Pssst, não se vão já embora! Vejam o que os irmãos Pedro e Joel Sousa nos disseram sobre este dia no Milhões de Festa, em mais um episódio da rubrica “Vai ser tão bom, não foi?”.

Ângela Afonso  

1,60m de aleatoriedade, inspirada por coisas e pessoas boas. Vive para as artes e as letras. A sua religião é a música e mora atrás da lente da câmara fotográfica. Minhota da cabeça aos pés e em tudo o que diz. (O mau feitio é mito)


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Barrio Lindo, Blown Out, Cocaine Piss, Conjunto Cuca Monga, faUSt, GNOD, GPU Panic, Ifriqiyya Électrique, Lavoisier, Mehmet Aslan, Orchestra of Spheres, Sacred Paws, Shake it Maschine, SwitchSt(d)ance, Systemik Violence, TAU, The Gaslamp Killer, Vai-te Foder


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *