15 Set 2017 a 16 Set 2017

Cartaz completo dos Palcos do Museu do Fado no Caixa Alfama

Cartaz completo dos Palcos do Museu do Fado no Caixa Alfama

Pelo quinto ano consecutivo, o Fado volta a cumprir o seu destino: ser a estrela maior no coração de Lisboa, no bairro de Alfama. Dias 15 e 16 de Setembro, o Festival Caixa Alfama está de regresso, com dez palcos espalhados pelo bairro, onde há espaço para as diferentes facetas do próprio Fado. Para revelar essa diversidade o Festival conta com a preciosa parceria do Museu do Fado, responsável pela programação dos palcos no Largo Chafariz de Dentro e no Auditório do Museu.

No Largo do Chafariz de Dentro, a antecâmara do Festival, de entrada livre, é feita pelo trinar das melhores guitarras. No primeiro dia, 15 de setembro, essa tarefa fica a cargo de Luís Guerreiro e Pedro de Castro. O primeiro vem a Alfama mostrar todo o seu talento, um virtuosismo que já acompanhou nomes como Mariza, Camané, António Zambujo ou Carminho. Luís Guerreiro prepara também um disco a solo, outro motivo de interesse para este seu concerto no Largo Chafariz de Dentro, onde também vai atuar Pedro de Castro. Domina a guitarra portuguesa com a agilidade e mestria de quem nasceu já com essa vocação, e é constantemente requisitado para acompanhar à guitarra grandes vozes, como Ana Sofia Varela, Helder Moutinho, Ricardo Ribeiro, Katia Guerreiro, João Braga ou Celeste Rodrigues.

No dia 16, os melhores guitarristas do país continuam a ser o grande destaque deste palco. José Manuel Neto, uma das grandes referências da guitarra portuguesa, prepara um concerto imperdível, cuja base vai ser seu primeiro disco a solo: “Tons de Lisboa”. Paulo Soares, um dos mais versáteis guitarristas de sempre da guitarra portuguesa, tem estado sempre presente nos mais importantes festivais da especialidade e vai levar a Alfama as nuances de um instrumento cujo som é hoje património mundial reconhecido pela UNESCO.

O Auditório do Museu do Fado é o palco ideal para ouvir as vozes das jovens fadistas que garantem o presente e o futuro do Fado. Dia 15, Matilde Cid promete dar a conhecer uma voz que amadurece no ambiente boémio da capital do Fado. Teresinha Landeiro é uma das fadistas mais representativas da nova geração da Canção de Lisboa. É por muitos considerada como a voz que vai trazer-nos uma lufada de ar fresco, transportando-nos a tradição e a raiz do passado para um presente que nos faz ter saudades do próprio futuro. E o Futuro é já dia 15 de setembro no Caixa Alfama.

E se o primeiro dia neste palco é imperdível, o segundo tem o mesmo apelo. Nathalie regressa ao Caixa Alfama, depois do lançamento do disco “Fado Além”, um álbum em que a fadista luso-descente mostra toda a sua garra e talento. Nathalie prepara novo disco para 2017, com produção de José Mário Branco, e o Auditório do Museu do Fado é o lugar ideal para ficarmos a conhecer essas novidades. E por falar em novidades, também Tânia Oleiro promete levar o seu primeiro disco, “Terços de Fado”, até Alfama. Mas não se fica por aí. A fadista promete um momento de partilha, com a estreia de temas inéditos como o single: “Nova Rosa da Mouraria”.

 

Fonte: Press Release


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: António Rocha, António Zambujo, Artur Batalha, Cidália Moreira, Filipe Duarte, Gisela João, José Gonçalez, José Manuel Neto, Luís Guerreiro, Marco Rodrigues, Maria Amélia Proença, Maria Armanda, Maria da Nazaré, Marina Mota, Matilde Cid, Nathalie, Nuno Aguiar, Paulo Soares, Pedro Caixa, Sangre Ibérico, Tânia Oleiro, Teresinha Landeiro


  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *