Biffy Clyro e Frank Carter & The Rattlesnakes – Reportagem no Coliseu dos Recreios

Biffy Clyro e Frank Carter & The Rattlesnakes - Reportagem no Coliseu dos Recreios

Os Biffy Clyro estão numa relação com o público português – e não é nada complicada! Pelo contrário: a prova disso é o seu regresso a terras lusas, no passado dia 27 de Janeiro, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. A Carla Flores esteve por lá, de caneta e caderno em punho, na companhia do Francisco Morais e da(s) sua(s) máquina(s) fotográfica(s).

Após a sua passagem em Portugal integrando cartazes de festivais ou para fazer a primeira parte de um concerto dos Muse, os escoceses Biffy Clyro regressam, desta vez em nome próprio, mostrando que o lugar conquistado no panorama musical britânico não é um acaso e que o fenómeno tenderá a replicar-se cada vez mais no velho continente.

A primeira parte do espectáculo foi assegurada por uns muito enérgicos e bem-humorados Frank Carter & The Rattlesnakes, que tinham todas as razões e mais uma para a boa disposição já que comemoravam a chegada do Modern Ruin ao 7º lugar das tabelas do Reino Unido, ultrapassando Adele e os Rolling Stones.

O público que às 9:00 da noite se encontrava na sala foi rapidamente conquistado por uma atuação bastante bem conseguida, marcada sobretudo pela presença forte do vocalista. Nove músicas chegaram para dar a conhecer a banda, abrindo caminho para o regresso. Rapidamente conseguiram pôr a plateia a saltar e preparar o Coliseu para a chegada dos “Biffy fucking Clyro“.

Numa noite marcada pela pontualidade e alguma pompa, os “donos da casa” foram anunciados por um tema de toada epopeica, abrindo o seu concerto com Wolves of Winter. Reforçados em palco por dois outros músicos, Simon Neil e os gémeos James e Ben Johnston trouxeram ao público português Ellypsis, o seu mais recente álbum, não deixando de visitar os trabalhos anteriores.

À imagem marcante da banda juntou-se um belíssimo jogo de luzes que tornou o concerto num momento visualmente muito interessante podendo considerar-se que a iluminação foi o sexto elemento em palco.
O conjunto dos vinte temas que compuseram a setlist inicial, mais os três do encore, terá agradado sobretudo aos fãs que preferem a linha mais melódica da banda. Contudo, o punk rock de qualidade reconhecida, produzido pela banda de Kilmarnock, deixou em todos o desejo de um prometido e rápido reencontro.

Setlist de Biffy Clyro:

  • Wolves of Winter
  • Living Is a Problem Because Everything Dies
  • Howl
  • Biblical
  • Victory Over the Sun
  • God & Satan
  • Bubbles
  • Booooom, Blast & Ruin
  • Friends and Enemies
  • Modern Magic Formula
  • Black Chandelier
  • Re-Arrange
  • Herex
  • Medicine
  • Glitter and Trauma
  • Mountains
  • In the Name of the Wee Man
  • Flammable
  • That Golden Rule
  • Many of Horror
    Encore:
  • Machines
  • Animal Style
  • Stingin’ Belle

Setlist de Frank Carter & The Rattlesnakes:

  • Snake Eyes
  • Fangs
  • Juggernaut
  • Jackals
  • Lullaby
  • Wild Flowers
  • Devil Inside Me
  • Vampires
  • I Hate You

Edição de Joana Rita

Carla Flores  

A repórter de guerra sonhada aos 10 anos deu lugar à professora de inglês que se dedicou a outras lutas, como a da promoção da leitura e a aquela coisa do "ah e tal, vamos lá mudar o mundo antes que ele nos mude!


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Biffy Clyro, Frank Carter & The Rattlesnakes

  • Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *