“1755” é o novo álbum dos Moonspell e é totalmente cantado em Português

"1755" é o novo álbum dos Moonspell e é totalmente cantado em Português

Os Moonspell e a Alma Mater Records orgulham-se de apresentar 1755, o novo álbum dos Moonspell produzido por Tue Madsen (Meshuggah, The Haunted). Um disco conceptual, cantado em português, sobre o terramoto que devastou Lisboa no século XVIII.

A ser editado mundialmente dia 3 de novembro pela Napalm Records, é distribuído em Portugal pela mão da própria banda, através da sua editora Alma Mater Records . Conta com a participação do anjo caído do Fado, o fadista Paulo Bragança, convidado no tema “In Tremor Dei”.

O novo disco será apresentado, pela primeira vez, ainda antes da sua edição e em sessão tripla da “Tour 1755”: dois concertos em Lisboa (30 e 31 OUT) e um regresso muito aguardado ao Porto onde os MOONSPELL não tocam há mais de dois anos, no primeiro de novembro (1 NOV). Estes concertos são promovidos pelos próprios MOONSPELL.

Agora, a banda liderada por Fernando Ribeiro revela novos detalhes sobre “1755”, apresentando a capa do disco, bem como o alinhamento completo do álbum, que inclui uma versão do temaLanterna dos Afogados, da mítica banda Brasileira Paralamas do Sucesso.

Diz Fernando:

Desde que me lembro que sou completamente fascinado pela história de Portugal. Para mim, o ano de 1755 marcou o nascimento de um novo Portugal. O grande Terramoto de Lisboa, não pode ser reduzido a um número dramático de mortes ou limitado ao estudo dos desastres naturais. Este sismo seguido de um violento tsunami, marca também o nascimento de uma nova cidade, uma nova época. Da tragédia absoluta nasceu uma confiança maior em nós mesmos. Os Portugueses da altura tornaram-se mais independentes da cruz, da coroa e ainda hoje em dia desfrutamos de um país laico e de livre arbítrio. Este não é apenas outro álbum para os Moonspell. É um documento da nossa História musical e lírica, uma homenagem, segundo os Moonspell, que prestamos ao nosso legado e às incríveis habilidades e à força dos portugueses da época, quando foram jorrados por terra pelas forças violentas da Natureza e da Razão. Tudo está bem…mas terra treme.

A lista de faixas de ‘1755’ será a seguinte:

  1. Em Nome Do Medo
  2. 1755
  3. In Tremor Dei (com participação de Paulo Bragança)
  4. Desastre
  5. Abanão
  6. Evento
  7. 1 De Novembro
  8. Ruínas
  9. Todos Santos
  10. Lanterna Dos Afogados

São 10 temas que na carreira da banda encontram ecos longínquos em discos como “Under the Moonspell” ou “Alpha Noir” mas que apresentam, sobretudo, uns MOONSPELL como nunca os ouviram a cantar um Portugal e uma Lisboa que não é solarenga, nem turística, nem luminosa.

É um disco de raiz Metal, com riffs vibrantes, orquestrações épicas e vozes e letras que testemunham a agonia daquele dia. A banda preocupou-se também em recriar a época, existindo uma fusão com elementos percussivos e melódicos que remete para os fins do século e para a atmosfera que se vivia na capital portuguesa na altura.

 

Fonte: Press Release
Foto: Paulo Mendes


Ainda não és nosso fã no Facebook?


Mais sobre: Moonspell

  • Partilhar:

Também te pode interessar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *